Drops: The Ultimate Hitch CookBook

Passeando pelo site da Monet, encontrei essa matéria e achei GENIAL. O vídeo foi um trabalho de faculdade feito por Felix Meyer, Pascal Monaco, e Torsten Strer, formandos da University of Applied Sciences and Arts em Hanover, Alemanha.

Através de um design em movimento impecável, os três analisaram, e destrincharam a obra de Alfred Hitchcock, de uma forma única e muito criativa. Em forma de livro de receitas.

Para conferir o resultado, é só olhar o vídeo abaixo, e se deliciar; literalmente! Aproveite e veja quantos filmes você consegue identificar no vídeo (que está também no Vimeo através do link:The Ultimate Hitch Cookbook).

Além de ver a criatividade dos três alunos, podemos analisar todo o lado técnico da coisa. O estilo utilizado no vídeo, parecendo ser uma animação feita com papeis coloridos recortados ficou lindo. E a paleta de cores utilizada, sempre tons claros, porém sempre tendo presente uma cor mais forte, normalmente o vermelho (ainda que desbotado), cor bem comum de ver em algumas capas e posters dos filmes de Hitchcock. Por sinal, o estilo do vídeo, lembra muito o trabalho de Saul Bass, nos materiais (capas, posters e créditos) dos filmes do Hitchcock. Achei brilhante!

Obs.: Não consegui não analisar o lado “design em movimento” depois de passar 6 meses falando sobre isso, né Tietzmann?!

Por enquanto é só! Até a próxima sessão!

Links que contribuíram para esse post: http://revistamonet.globo.com/coluna/2011/07/23/the-hitch-cookbook-animacao-ensina-receitas-a-la-hitchcock/

Anúncios

2 comentários sobre “Drops: The Ultimate Hitch CookBook

  1. Excelente matéria!
    Este estilo de design a que tu te referes, meio recortado e com cores fortes, comum nos posteres de filmes do Hitchcock, foi criado por um cara chamado Saul Bass. Esse cara simplesmente revolucionou as aberturas dos filmes nas décadas de 50 e 60, com um estilo gráfico dinâmico jamais visto até então. Sou fã dele. Acho que seria legal uma matéria aqui tratando do Bass.
    No mais era isso. Parabéns pelo blog. Excelentes matérias.
    Eduardo Farias

    1. Oi Eduardo!

      Que bom que gostou do blog! Obrigada por ter passado, e pelo comentário!
      Em relação a Saul Bass, sim ele é o máximo, até citei ele no post. Não aprofundei muito,
      pois quem sabe o Próxima Sessão não faz um post especial pra ele?! Acho que ele merece!

      Espero que volte a visitar o blog! Estaremos esperando!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s