E o Oscar vai para…

Ontem a noite aconteceu a premiação mais importante do cinema. Bom, se é mesmo a mais importante ou a mais justa, não dá para ter certeza; mas é sem dúvida a mais esperada e comentada de todas.

Os indicados, vocês já viram aqui. Então, chegou a hora de colocarmos no blog os ganhadores do Oscar! Tivemos dois filmes que confirmaram seu favoritismo: A Invenção de Hugo Cabret e O Artista dominaram grande parte dos prêmios. Cada um levou cinco, embora o segundo tenha levado 3 das principais categorias.

Como não vi nenhum deles ainda, não posso dizer se os prêmios foram justos ou injustos. Mas acho que alguns filmes que não ganharam mereciam mais que outros, principalmente em categorias técnicas. Nem vou comentar sobre o fato de Carlinhos Brown e Sergio Mendes não terem levado o Oscar de Melhor Música, do filme Rio. Nada contra os Muppets, mas honestamente, marmelada, não?

Antes da lista dos ganhadores, quero salientar que o mais legal e interessante é que os dois grandes ganhadores da noite de ontem, abordam, de formas diferentes, o próprio cinema.

Agora, vamos aos vencedores!

Melhor filme: O Artista

Direção: Michel Hazanavicius (O Artista)

Ator: Jean Dujardin (O Artista)

Atriz: Meryl Streep (A Dama de Ferro)

Ator coadjuvante: Christopher Plummer (Toda Forma de Amor)

Atriz coadjuvante: Octavia Spencer (Histórias Cruzadas)

Roteiro original: Meia-Noite em Paris

Roteiro adaptado: Os Descendentes

Melhor filme estrangeiro: A Separação, de Asghar Farhadi

Melhor animação: Rango, de Gore Verbinski

Melhor documentário: Undefeated, de Daniel Lindsay e T.J. Martin

Trilha sonora: O Artista

Música: Man or Muppet, de Brett McKenzie (Os Muppets)

Montagem: Millenium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres

Fotografia: A Invenção de Hugo Cabret

Direção de arte: A Invenção de Hugo Cabret

Figurino: O Artista

Maquiagem: A Dama de Ferro

Efeitos visuais: A Invenção de Hugo Cabret

Efeitos sonoros: A Invenção de Hugo Cabret

Som: A Invenção de Hugo Cabret

Melhor curta-metragem: The Shore, de Terry George e Oorlagh George

Documentário de curta-metragem: Saving Face, de Daniel Junge e Sharmeen Obaid-Chinoy

Animação em curta-metragem: The Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore, de William Joyce, Brandon Oldenburg

Espero que, para quem participou de algum bolão, tenha ganhado; eu não ganhei. Agora é assistir ao que não assistimos e curtir. Afinal, o cinema serve exatamente para isso: curtir, se divertir e viajar, para os lugares e épocas mais diferentes e inimagináveis.

Até a próxima sessão!

Anúncios

2 comentários sobre “E o Oscar vai para…

  1. Procede a informação de que o responsável pelos efeitos especiais do filme A Invenção de Hugo Cabret é brasileiro, de Bagé?
    Ouvi em algum noticiário a este respeito, e se não me engano o sobrenome dele é Teixeira….
    Belo Blog!

    1. Olá!

      Então, busquei me informar em diversas fontes para responder com certeza a pergunta.
      Os responsáveis pelos efeitos visuais do filme Hugo Cabret são Rob Legato, Joss Williams, Ben Grossman e Alex Henning, segundo uma matéria na Folha (http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/1053884-a-invencao-de-hugo-cabret-leva-mais-um-premio-tecnico.shtml). Porém, o gaúcho Rodrigo Teixeira foi um dos responsáveis pela parte de computação gráfica do filme. Ele, ao lado de Adam Watkins, supervisionou os efeitos 3D do longa (http://oglobo.globo.com/cultura/exclusivo-veja-os-bastidores-dos-efeitos-especiais-de-invencao-de-hugo-cabret-4056005)!

      Esperamos que volte sempre! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s