E se Zack Snyder dirigisse O Apanhador no Campo de Centeio?

Recentemente saiu o trailer do Liga da Justiça, dirigido por Zack Snyder e, tal qual se esperava, alguns de seus elementos estéticos mais comuns em – basicamente todos – seus filmes estavam presentes: o lado sombrio, as cenas de ação … Continuar lendo E se Zack Snyder dirigisse O Apanhador no Campo de Centeio?

Coraline e Alice: uma lista de comparações

Finalmente vi este filme maravilhoso que tanto tempo demorei; no meu outro blog, já havia recebido, inclusive, indicações dos leitores para assisti-lo, mas acabei me enrolando mais do que pretendia. Vi, então, e notei algumas peculiaridades entre outro clássico que … Continuar lendo Coraline e Alice: uma lista de comparações

Drops: Extraordinary Tales – Curtas de Animação baseados em Poe

Como faz muito tempo que não rolam algumas dicas aqui e, como eu acho que deveriam rolar mais dicas sem a necessidade de críticas, o que eu quero dizer para vocês, caros leitores, é que ASSISTAM AGORA MESMO o filme … Continuar lendo Drops: Extraordinary Tales – Curtas de Animação baseados em Poe

Lego, Lego, Lego

Nós já haviamos feito um post sobre Lego muito tempo atrás, falando sobre uma animação que conta a história da empresa. E afinal, quem não gosta de Lego, eim? Quem não brincou com Lego na sua infância, ou até depois de mais velho? Lego é demais e merece outro post! E é por isto que viemos, hoje, mostrar alguns detalhes divulgados sobre o longa-metragem feito inteiramente em Lego, que a Warner Bros está produzindo – e chamado de Uma aventura Lego. Esta semana, a produtora divulgou um vídeo de brincadeira, onde os personagens feitos em Lego falam sobre os seus … Continuar lendo Lego, Lego, Lego

Elefante

Um filme polêmico em todos os sentidos, hoje vamos falar sobre o ótimo e bizarro Elefante; projeto bem antigo do conceituado diretor Gus Van Sant, conhecido por filmes como Paranoid Park, Milk, entre outros também aclamados e cheios de discussões, o diretor segue a risca uma carteirinha de experimentações pouco usuais mas que, geralmente, nos trazem resultados fantásticos em suas obras. E, exemplo mais do que perfeito é o filme de hoje:

Elephant_movie_poster

Mas, antes de falar propriamente sobre Elefante, devemos lembrar um pouco sobre o próprio diretor que, por muitas vezes, dirige seus filmes de uma maneira muito peculiar. Isto porque, antes de tudo, Gus Van Sant é um daqueles diretores experimentalistas, que gosta de aplicar novas formas de dirigir, enquadrar, desenvolver personagens e roteiros, enfim, um cara que transforma pequenos detalhes em “grandes situações” dado o alto grau de excentricidade; formado em Rhode Island School of Design – conhecida escola de artes experimentais – já participou de projetos que você nem deve saber. Gus Van Sant, por exemplo, dirigiu clipes! Isto mesmo! E, dentre eles, constam clipes famosos como Under the Bridge, do Red Hot e Weird, dos Hansons. E, justo por sua formação e suas experiências, Gus Van Sant, as vezes, opta por trabalhos não tão convencionais como se imagina. Como o caso de Paranoid Park, um filme com uma montagem não-linear e segmento de história um tanto quanto diferente – ainda que o assunto seja relativamente simples (dois jovens andando de skate, envolvidos em um possível assassinato). Assim como também nos seus clipes e, também, em Elefante, o diretor pretende trazer algum de novo sempre; mesmo que o assunto propriamente não seja uma novidade.

Continuar lendo “Elefante”

As aventuras de Pi

Eu confesso que acabei vendo meio que por obrigação. Sinceramente, foi um filme que a história não havia me chamado a menor atenção. No entanto, foi uma ótima surpresa. O diretor Ang Lee soube administrar com maestria toda a proposta do projeto de levar um livro tão especial ao cinema; a sugestão de direção da obra já havia sido estudada por Jenuet, M. Night Shyamalan, mas ninguém tinha aceitado dar continuidade e efetivamente gravar o filme. As aventuras de Pi é extremamente peculiar; sua história completamente suis-generis deu uma liberdade estranhamente benéfica ao diretor, que conseguiu gravar boa parte do … Continuar lendo As aventuras de Pi

7 atores que sempre vivem os mesmos personagens

Vocês nunca repararam isto? Há determinados atores que, aparentemente, SEMPRE vivem os mesmos personagens. Não importa o filme, não importa o que façam, ainda assim, são sempre a mesma figura, repetindo constantemente o mesmo papel, apenas com detalhes diferentes. E … Continuar lendo 7 atores que sempre vivem os mesmos personagens

Drops – Capas de Harry Potter rejeitadas

Eu sei, minha gente, Harry Potter é um livro, um ícone da história literária moderna, mas qual o problema de falar dele aqui? Este foi um link que eu achei muito bacana e gostaria de compartilhar, até porque provavelmente muitas destas imagens serviram de inspiração, também, para o personagem do cinema. Inclusive sobre locações e outros momentos da história do filme.

Estão aí as capas de Harry Potter que acabaram sendo rejeitadas pela editora, que ficou com as 7 capas famosas que todo mundo deve lembrar. Repare que algumas destas capas rejeitadas são muito boas mas, para não cometer algum tipo de SPOILER, provavelmente acabaram ficando em segundo plano. Seguem as imagens:

Continuar lendo “Drops – Capas de Harry Potter rejeitadas”

Haneke e Funny Games

Haneke é um diretor conhecido, conceituado e o grande idealizador da obra Funny Games. Um filme que, embora sua estrutura relativamente simples, apresenta uma das reviravoltas mais sensacionais da história do cinema, aonde um personagem do filme passa a discutir e “dirigir” a película, escolhendo os acontecimentos da história; isto para, entre outras coisas, entrar em uma discussão sobre a existência de algo (objeto) entre o plano real X imaginário, se há diferenças ou se a existência per se já é suficiente para igualar os planos. Mas, não só isto, outro grande detalhe do filme é o fato de que … Continuar lendo Haneke e Funny Games

O cinema e o plágio, parte 2

minesweeper-the-movie

Pois é, pessoal. Para quem bem se lembra, nós já havíamos comentado sobre o fato do cinema frequentemente copiar a sua própria comunicação em um post bem antigo, mostrando os vários tipos de posters que são praticamente iguais. Mas, não só isto, vocês já repararam como os trailers também são incrivelmente “formulaicos”? Esta pequena paródia do site College Humor faz uma brincadeira com o antigo jogo de Windows, conhecido como Minesweeper:

Continuar lendo “O cinema e o plágio, parte 2”

Drops – Trailer de Faroeste Caboclo

filmes_1392_Faroeste-Caboclo-8

Pois é, pessoal. Depois de tanto aguardar, finalmente saiu o trailer do filme Faroeste Caboclo!

Para quem não sabe, sim, vai entrar em cartaz uma produção inteira baseada na famosa música composta por Renato Russo, do Legião Urbana. Contando com Isis Valverde no elenco, Fabrício Boliveira, além de Marcos Paulo e Antônio Calloni, e a direção que fica nas mãos de René Sampaio.

Com uma boa referência dos Westerns Americanos, a produção promete. Confira o trailer abaixo:

Continuar lendo “Drops – Trailer de Faroeste Caboclo”

100 imagens que marcaram o cinema

robocop-schenk-padilha

O cinema é a arte de contar uma história através de imagens em movimento. O que seria do cinema sem as imagens, afinal? A grande graça – e trabalho – dos artistas está justamente em se adequar a tela; tanto diretores ao fazer a fotografia, captar os melhores ângulos, as melhores montagens, quanto atores, em parecer convincente o suficiente para a obra ficar esteticamente bonita.

Mas, e se pudéssemos escolher as imagens do cinema que mais nos marcaram? O Próxima Sessão fez isto! Escolhemos as 100 imagens mais marcantes do cinema e postamos aqui, para vocês, na íntegra. Segue:

Continuar lendo “100 imagens que marcaram o cinema”

As 25 melhores cenas não planejadas

Bom Dia, amantes do cinema!

cena-do-filme-tubarao-de-steven-spielberg-1350601497228_956x500Esta semana o blog virá com muitas novidades! Temos o Oscar, uma crítica sobre um filme, mas para começar curtinho e pra galera não se perder muito, vai uma singela homenagem que eu achei na internet estes dias.

Um pequeno vídeo que contém as 25 melhores cenas “não ensaiadas” do cinema. Aqueles momentos aonde o ator, ou atores, começaram a improvisar e que saíram melhores do que a encomenda. Para ver, só clicar abaixo!

Continuar lendo “As 25 melhores cenas não planejadas”

Compramos um Zoológico

Fazia um bom tempo que eu estava querendo assistir a esse filme, e domingo eu finalmente consegui. Dessa vez a expectativa foi excedida, e o filme é bem melhor do que eu esperava e imaginava.

we-bought-a-zoo

Dirigido por Cameron Crowe, mesmo de Vanilla Sky (2001) e Quase Famosos (2000), Compramos um Zoológico (2011) é um filme delicioso. Baseado em uma história real (o que torna tudo ainda mais incrível ainda), contada primeiramente no livro de Benjamin Mee, o filme conta a história de um pai que acabou de ficar viúvo  e precisa lidar com isso e superar o acontecimento junto com seus filhos.

Continuar lendo “Compramos um Zoológico”

Ano Novo, drops de férias

ferias+havai1Como perceberam, o ritmo das postagens diminuiu nos últimos tempos. Isto, graças ao final de ano que é sempre a mesma correria habitual, não sobrando muito tempo para que se possa escrever no blog.

Para não passar em branco nesta época de comemorações, gostaríamos de desejar uma ótima virada de ano para todos aqueles que nos acompanham e que 2013 seja um ano de muitas realizações para vocês. E, para uma última risada de 2012, fiquem com um dos curtas do filme Toy Story, chamado de “Férias no Havaí”, que se passa após os acontecimentos do último filme da série, Toy Story 3.

Boas Festas!

Continuar lendo “Ano Novo, drops de férias”

O Lorax – Em Busca da Trúfula Perdida

To bem dos desenhos nesta ultima semana. Acho que esse clima de final de ano acaba deixando a gente mais cansado e daí acabo escolhendo filmes mais leves, descontraídos e sem muito compromisso!

E O Lorax é exatamente isso. Além de ser extremamente educativo e, querendo ou não, um alerta muito simples mas realista! Mas, vamos por partes.

Dr-Seuss-The-Lorax-Movie Continuar lendo “O Lorax – Em Busca da Trúfula Perdida”

Precisamos Falar Sobre Kevin

Na verdade alguém deveria ter falado sobre ele, e com ele antes de tudo. Quando ainda era uma criança.

Eu não li o livro, por isso vou focar apenas no filme, já que não tenho condições de comparar as obras, e dizer se foi ou não bem adaptado. Mas já vou colocar aqui: gostei do filme. É chocante, frio e até mesmo perturbador. Continuar lendo “Precisamos Falar Sobre Kevin”

Drops: Nova campanha Disney – Star Wars

Pois é, a esta altura todo mundo já deve estar sabendo. Semana passada, em uma das maiores transações da história do cinema, a empresa Disney acabou comprando a empresa de filmes de George Lucas, a famosa LucasFilms. Já de cara a Disney saiu anunciando que daria sequência a mais 3 episódios da série Star Wars, se passando depois dos acontecimentos da trilogia original. Além disso, a Disney anunciou que esta “nova” trilogia provavelmente não terá ligação com a trilogia original, se passando muitos anos depois dos acontecimentos de “O Retorno de Jedi” e sendo quase como uma “nova” franquia.

Continuar lendo “Drops: Nova campanha Disney – Star Wars”

Drops: Curta Lágrimas de Aço, de Ian Hubert

Este é um curta que eu vi estes tempos e gostaria de compartilhar. O curta se chama Lágrimas de Aço, e é dirigido por Ian Hubert. A história do projeto se desenvolve através de um futuro sci-fi meio bizarro, com robôs e uma história de amor mal resolvida entre um humano e um androide.

Continuar lendo “Drops: Curta Lágrimas de Aço, de Ian Hubert”

Os Vingadores

Eu queria muito ter visto Os Vingadores no cinema. Mas não deu. Acabei vendo em casa mesmo, e cheguei a conclusão de que foi um ótimo acontecimento não ter visto no cinema.

Não. Eu não achei o filme ruim. Eu só conclui, depois de ver, que não era tudo isso que estava prometendo. E isso não significa que ele é ruim, que não valha a pena ser visto, só significa que ver em casa é tão bom quanto no cinema (honestamente, o cinema anda tão caro que simplesmente qualquer filme vale mais a pena ver em casa – sério).

Continuar lendo “Os Vingadores”

Drops: visual do novo Robocop, bizarro

O remake do Robocop, que José Padilha está fazendo, teve o visual do personagem principal divulgado. Mal começaram a gravar no Canadá e as imagens já vazaram pela internet, pelo site Comingsoon.

Ao que parece, Padilha remodelou todo o policial, que ficou com um visual futurista que, ao meu ver, descaracterizou completamente. Parece uma mistura de Thron com Sauron, uma roupa muito apertada e armadura completamente diferente do que estávamos acostumados a ver. Uma pena, porque queria ver este remake, mas já me decepcionei.

Seguem, as fotos:

Continuar lendo “Drops: visual do novo Robocop, bizarro”

Os 10 melhores episódios de South Park

Ok, o South Park não é filme, nem cinema (embora já o tenham feito), mas merece sua menção. Dado o sucesso atual, parece que de uma hora pra outra South Park despontou como o melhor desenho da atualidade. Ficava ali entre um limbo, aonde todo mundo lembrava de Family Guy, Simpsons, mas deixava South Park passar em branco.

Do nada, a galera acordou pra vida e todo mundo passou a ver e gostar deles. O grande mérito da série está na evolução surpreendente. Diferente dos concorrentes, South Park amadureceu, ao longo dos anos, invocando mais sensibilidade e profundidade aos personagens, na medida que criava histórias cada vez mais mirabolantes e, mesmo assim, não precisava contar com um núcleo bem específico de personagens (carismáticos) principais, equilibrando bem todos os envolvidos na série.

Recentemente revi todas as temporadas – menos a primeira, que é muito ruim – e resolvi fazer este artigo. Como eles estão prestes a lançar a nova temporada e o canal VH1 vai passar um especial dos 15 melhores episódios escolhidos pelos próprios autores, resolvi fazer o meu top 10. Segue:

Continuar lendo “Os 10 melhores episódios de South Park”

The Football Factory

Este é o filme absoluto sobre futebol. Fuja de todos os outros, porque aqui estamos falando como as coisas acontecem de fato. A realidade a flor da pele.

Quando falamos de filmes de futebol, sempre temos exemplos que pecam em algumas coisas. Ou o filme se apega muito à prática do esporte em si, esquecendo de todo universo que envolve a “cultura torcedora”, ou então romantiza demais o ato de torcer, tornando tudo excessivamente piegas. E é por isso que merecemos dar destaque a esta obra em questão.

O filme, dirigido por Nick Love, conta a história do livro homônimo de John King. Nele, temos a história de Tommy Johnson (Danny Dyer), um torcedor do Chelsea envolvido no universo dos hooligans ingleses, que aparentemente começa a ter sonhos estranhos sobre o seu futuro e as brigas ao qual o mesmo se envolve em nome do futebol. Estes sonhos, sempre guiados pelo mesmo pensamento: valeu a pena?

Continuar lendo “The Football Factory”

Smurfs

“La la la la la la, sing a happy song..”. Nostalgia. Sensação de estar em um túnel do tempo. Foi exatamente por causa dessa canção pouco grudenta, que senti isso quando comecei a assistir a Smurfs. Voltei a ter 3 ou 4 anos, quando assitia diversos desenhos, entre eles o dos pequenos homenzinhos azuis que viviam em casinhas de cogumelos!

Continuar lendo “Smurfs”

Guerra dos Botões

Existem algumas coisas que são boas porque são. Simples assim. Modifica-las ou aumenta-las, de fato, só estragam o conteúdo. E Guerra dos Botões é, talvez, o melhor exemplo do caso.

Neste ano, o famoso livro homônimo do francês Louis Pergaud veio a se tornar domínio público. Para quem não conhece, Guerra dos Botões relata a “guerra” (em parenteses, porque esta, apenas uma brincadeira) de duas gangues de crianças rivais, aonde o maior troféu é retirar os botões dos inimigos, de modo que os mesmos sofram, através dos pais, as broncas da roupa estragada. Ao longo da obra, claro, o intuito de Pergaud era fazer uma paródia e crítica a guerra dos adultos, contextualizada no universo infantil em forma de uma inocente brincadeira. Famoso, como era de se esperar, o fato do livro tornar-se domínio público abriu portas para diferentes artistas utilizarem-no de inspiração.

Continuar lendo “Guerra dos Botões”

Drops: Mega Trailer O Cavaleiro das Trevas Ressurge

Mega trailer com cenas do filme e cenas dos bastidores do ultimo filme da trilogia de Nolan! Precisa de algo mais? O filme mais esperado do ano está quase estreando aqui no Brasil, falta pouquinho! Para aguentar até o dia 27 desse mês, e aumentar as expectativas, nada melhor que esse super vídeo.

Continuar lendo “Drops: Mega Trailer O Cavaleiro das Trevas Ressurge”

O Espetacular Homem Aranha

Continuando no embalo de “não falamos sobre esse filme, por falta de tempo, e sentimos muito” (haha), hoje o post é destinado a outro filme de herói que estreou/estreia esse ano, e que acabamos não fazendo um preview dele.

O Espetacular Homem Aranha, que estreia amanhã aqui no Brasil (a pré-estreia já está rolando desde terça) é o 4º filme sobre o herói.

Continuar lendo “O Espetacular Homem Aranha”

Sombras da Noite

Eu sei, nós estamos mais do que devendo um preview do ultimo filme do Johnny Depp, que inclusive já está no cinema. Por isso, vou tentar compensar da melhor forma possível, em um post bem completo sobre o filme. Depois que assistir a gente também coloca aqui o que achou do filme (a falta de tempo tá uma loucura)!

Sombras da Noite, ou The Dark Shadows lá fora, é o 8º filme do excêntrico (no bom sentido) diretora Tim Burton. Dito isso, não preciso nem dizer que Johnny Depp e Elena Boham Carter estão no elenco. Continuar lendo “Sombras da Noite”

Quando a animação busca inspiração em outros filmes

Que a arte imita a vida e que essa é a frase mais manjada de todas, isso todo mundo sabe. Mas uma coisa que eu adoro, é quando os criadores de animações (e filmes infantis) buscam inspiração dentro do próprio mundo cinematográfico, recriando cenas clássicas de outros filmes.

Então, aproveitando o post sobre filmes de ação (este, sem a menor dúvida, se inspirou nele), decidi colocar aqui algumas das cenas mais clássicas do cinema, mas em suas recriações nos filmes de animação.

Continuar lendo “Quando a animação busca inspiração em outros filmes”