Twin Peaks O Retorno – Minhas impressões sobre a nova temporada

Como todo épico, antes de existir já se transforma em lenda pelo trabalho hercúleo. No primeiro post que fizemos sobre a volta de Twin Peaks, haviam apenas anunciado um mini-retorno da série com uma terceira temporada. De lá pra cá, … Continuar lendo Twin Peaks O Retorno – Minhas impressões sobre a nova temporada

7 atores que sempre vivem os mesmos personagens

Vocês nunca repararam isto? Há determinados atores que, aparentemente, SEMPRE vivem os mesmos personagens. Não importa o filme, não importa o que façam, ainda assim, são sempre a mesma figura, repetindo constantemente o mesmo papel, apenas com detalhes diferentes. E … Continuar lendo 7 atores que sempre vivem os mesmos personagens

This is the end

Pois é, caros leitores. Voltamos de viagem e, não só isto, com uma crítica prontinha. Crítica, esta, sobre o novo filme de Seth Rogen e James Franco, conhecido como This is The End. Em mais uma comédia e também com o apoio de outros atores, como Michael Cera, Emma Watson, Jonah Hill, Jay Baruchel, entre outros, o filme se desenvolve de uma maneira muito peculiar e criativa, funcionando muito bem como uma diversão descompromissada e criativa. A história gira em torno dos atores interpretando a eles mesmos, como se não fossem de fato personagens, vivendo uma festa na casa de … Continuar lendo This is the end

Repulsion, de Polanski

large_repulsion_blu-ray2x1

Polanski é um grande diretor. Embora as polêmicas pessoais envolvendo processos com menores de idade e o drama de sua esposa assassinada (a famosa Sharon Tate, no conhecido caso de Charles Manson e seus seguidores), ainda assim, o diretor se sobressai e consegue ser mais importante pelos seus filmes do que pelos fatos da sua vida fora do cinema. É o responsável pela aclamada trilogia do apartamento, onde gravou 3 filmes distintos com uma temática envolvendo o terror e suspense de personagens reclusos em suas próprias casas, enlouquecendo aos poucos. Dentre os três filmes, o de maior destaque é o famosíssimo O bebê de Rosemary, elogiado pela crítica e considerado um dos melhores filmes de terror até hoje. Mas, não só ele, há também o igualmente fantástico O inquilino e, por último, o filme que falaremos hoje, aqui: Repulsion (ou, na horrenda tradução nacional, Repulsa ao Sexo).

Continuar lendo “Repulsion, de Polanski”

Drops – Capas de Harry Potter rejeitadas

Eu sei, minha gente, Harry Potter é um livro, um ícone da história literária moderna, mas qual o problema de falar dele aqui? Este foi um link que eu achei muito bacana e gostaria de compartilhar, até porque provavelmente muitas destas imagens serviram de inspiração, também, para o personagem do cinema. Inclusive sobre locações e outros momentos da história do filme.

Estão aí as capas de Harry Potter que acabaram sendo rejeitadas pela editora, que ficou com as 7 capas famosas que todo mundo deve lembrar. Repare que algumas destas capas rejeitadas são muito boas mas, para não cometer algum tipo de SPOILER, provavelmente acabaram ficando em segundo plano. Seguem as imagens:

Continuar lendo “Drops – Capas de Harry Potter rejeitadas”

Drops: Toy Story refilmado

293577_429347213802160_557900506_n_large_verge_medium_landscape

Que?? Como assim??

Imagino que sejam essas as perguntas que vocês estão se fazendo ao ler o título desse post! Mas, fiquem calmos, essa foi só uma ideia genial que dois fãs tiveram e colocaram em prática!

Jonason Pauley (17 anos) e Jesse Perrotta (18 anos), começaram em 2010 a fazer uma versão caseira do filme original, utilizando bonecos e atores (na verdade, amigos deles) de verdade. Agora, em 2013, concluíram o projeto e disponibilizaram via Youtube. O mais bacana de tudo é que, aparentemente, a Pixar “apoiou” o projeto, aonde os dois foram até o estúdio, inclusive, e receberam o aval para poder divulga-lo por aí.

Continuar lendo “Drops: Toy Story refilmado”

Você Vai Conhecer o Homem dos Seus Sonhos

Nas ultimas 3 semanas assisti a uns 10 filmes. Porém somente um ou outro me chamaram atenção, e é por isso que acabei não colocando nenhum deles aqui no blog. Mas como acredito que a opinião, independente de eu ter achado o filme bom ou ruim, merece e deve entrar aqui. E é esse o caso do filme que vou falar hoje.

Você Vai Conhecer o Homem dos Seus Sonhos. Ou não. O filme, de 2010, do diretor Woody Allen não me conquistou e nem me marcou, mas acho que seria injusto não coloca-lo aqui.

Continuar lendo “Você Vai Conhecer o Homem dos Seus Sonhos”

Drops: Curta Lágrimas de Aço, de Ian Hubert

Este é um curta que eu vi estes tempos e gostaria de compartilhar. O curta se chama Lágrimas de Aço, e é dirigido por Ian Hubert. A história do projeto se desenvolve através de um futuro sci-fi meio bizarro, com robôs e uma história de amor mal resolvida entre um humano e um androide.

Continuar lendo “Drops: Curta Lágrimas de Aço, de Ian Hubert”

Os 5 melhores filmes handmade

Ok, eu confesso que eu não sei se é este o nome, mas tudo bem, vá lá. Na falta de uma nomenclatura correta, resolvi usar o termo “handmade” (ou algo como, “feito a mão”) para descrever estes filmes que entupiram as estreias nos últimos anos. Aqueles famosos filmes pseudo-documentários, ao qual supostamente são feitos para imitar uma gravação real, que explodiram como sucesso depois do fenômeno “A bruxa de Blair”.

Eu sou muito fã desse tipo de filme, dos mais ruins aos mais ousados, então, por isso, resolvi desenvolver a minha lista com os 5 melhores filmes do gênero. Segue:

Continuar lendo “Os 5 melhores filmes handmade”

Os 10 melhores episódios de South Park

Ok, o South Park não é filme, nem cinema (embora já o tenham feito), mas merece sua menção. Dado o sucesso atual, parece que de uma hora pra outra South Park despontou como o melhor desenho da atualidade. Ficava ali entre um limbo, aonde todo mundo lembrava de Family Guy, Simpsons, mas deixava South Park passar em branco.

Do nada, a galera acordou pra vida e todo mundo passou a ver e gostar deles. O grande mérito da série está na evolução surpreendente. Diferente dos concorrentes, South Park amadureceu, ao longo dos anos, invocando mais sensibilidade e profundidade aos personagens, na medida que criava histórias cada vez mais mirabolantes e, mesmo assim, não precisava contar com um núcleo bem específico de personagens (carismáticos) principais, equilibrando bem todos os envolvidos na série.

Recentemente revi todas as temporadas – menos a primeira, que é muito ruim – e resolvi fazer este artigo. Como eles estão prestes a lançar a nova temporada e o canal VH1 vai passar um especial dos 15 melhores episódios escolhidos pelos próprios autores, resolvi fazer o meu top 10. Segue:

Continuar lendo “Os 10 melhores episódios de South Park”

Guerra dos Botões

Existem algumas coisas que são boas porque são. Simples assim. Modifica-las ou aumenta-las, de fato, só estragam o conteúdo. E Guerra dos Botões é, talvez, o melhor exemplo do caso.

Neste ano, o famoso livro homônimo do francês Louis Pergaud veio a se tornar domínio público. Para quem não conhece, Guerra dos Botões relata a “guerra” (em parenteses, porque esta, apenas uma brincadeira) de duas gangues de crianças rivais, aonde o maior troféu é retirar os botões dos inimigos, de modo que os mesmos sofram, através dos pais, as broncas da roupa estragada. Ao longo da obra, claro, o intuito de Pergaud era fazer uma paródia e crítica a guerra dos adultos, contextualizada no universo infantil em forma de uma inocente brincadeira. Famoso, como era de se esperar, o fato do livro tornar-se domínio público abriu portas para diferentes artistas utilizarem-no de inspiração.

Continuar lendo “Guerra dos Botões”

Doghouse

A melhor descrição que eu vi sobre este filme foi em um comentário do Youtube, o qual eu sinto que seria justo iniciar este post: como um filme com Danny Dyer sobre mulheres-zumbi pode ser bom?…e é!

Nada poderia ser mais verdadeiro. Mas, para situar vocês sobre o “porquê” de tal filme ser tão bom, primeiro, temos que analisar a sua proposta: o filme discorre sobre um sujeito comum, em depressão, chutado pela sua namorada de casa. Seus amigos, então, para anima-lo, resolvem leva-lo à cidade da Inglaterra com a maior concentração de mulheres por metro quadrado. Só que a cidade e as mulheres não parecem estar no seu perfeito juízo, tentando de todas as maneiras matar a todos os homens que cruzam seu caminho.

Continuar lendo “Doghouse”