O Hobbit – Uma Jornada Inesperada

Fui à Terra Média, ao Condado, saí numa aventura junto com Bilbo. Pela segunda vez, já que li o livro há um tempo.

hobbit Continuar lendo “O Hobbit – Uma Jornada Inesperada”

Anúncios

Drops: visual do novo Robocop, bizarro

O remake do Robocop, que José Padilha está fazendo, teve o visual do personagem principal divulgado. Mal começaram a gravar no Canadá e as imagens já vazaram pela internet, pelo site Comingsoon.

Ao que parece, Padilha remodelou todo o policial, que ficou com um visual futurista que, ao meu ver, descaracterizou completamente. Parece uma mistura de Thron com Sauron, uma roupa muito apertada e armadura completamente diferente do que estávamos acostumados a ver. Uma pena, porque queria ver este remake, mas já me decepcionei.

Seguem, as fotos:

Continuar lendo “Drops: visual do novo Robocop, bizarro”

Dia do Amigo

Friends, uma das séries de TV mais famosas de todas e que combina perfeitamente com o dia de hoje!

Hoje é dia do amigo! E, como sabemos o quanto são especiais, e o quão importante é ter amigos, mesmo que poucos, mas bons, fizemos uma lista com filmes que abordam isso de uma forma muito legal, e, até mesmo interessante, que de uma forma ou de outra acabam marcando! Continuar lendo “Dia do Amigo”

Filmes e suas continuações

Não tenho nada contra sequências cinematográficas. Somente quando desnecessárias, que quase sempre são.

Após dar uma volta por alguns sites relacionados ao assunto, e ver a quantidade absurda de continuações que estão saindo, sendo produzidas, ou estudadas para serem produzidas é algo que me decepciona, de certa forma.

Não que eu seja contra sequências, acho que quando tem um nexo e um porquê de existirem são totalmente válidas e construtivas para o mundo cinematográfico. Porém quando são feitas, só por que o primeiro deu certo e fez sucesso, por exemplo, não passam de uma grande perda de dinheiro e tempo. Além de queimar o primeiro filme. Isso, pra mim, é falta de criatividade e algo que visa somente o lucro (o que muitas vezes não acontece, visto que a sequencia é uma grande porcaria).

Filmes como Senhor dos Anéis, Harry Potter, Saga Crepúsculo, são totalmente aceitáveis. Não vou citar os filmes do Batman (todos os que foram produzidos até hoje), por exemplo, pois não se tratam exatamente de uma sequência, embora a trilogia de Nolan se encaixe nesse aspecto, mas por um filme ser tão diferente do outro, as “continuações” são totalmente válidas.

Continuar lendo “Filmes e suas continuações”

Drops: Novas versões de posters

Agora pouco vi no Blog do Lerina, um post sobre posters de filmes recriados. Como achei  o resultado muito legal, resolvi mostrar para vocês.

O trabalho abaixo foi desenvolvido pela empresa britânica Old Red Jalopy, que é especializada em criar posters exclusivos. Mas o que eles fizeram? Bom, eles recriaram os posters de alguns filmes como se tivessem sido desenhados pela Disney. O trabalho ficou bem legal, e eles realmente conseguiram trazer o traço bem parecido.

Continuar lendo “Drops: Novas versões de posters”

Trilogia O Senhor dos Anéis

Gosto muito do trabalho de J.R.R. Tolkien. Sou fã declarado do cara. Na teoria, a argumentação de Tolkien é muito simples: um emaranhado de contos/tradições nórdicos e bretões na mesma história, colocados de maneira que se faça sentido e representem a mesma linha cronológica. Na prática, é muito mais profundo que isso.

Tolkien não apenas jogou um bando de contos ali, não foi um “reaproveitador” ou qualquer coisa do tipo, Tolkien fez disso o seu próprio universo*. Embora suas histórias se baseiem inteiramente sobre uma mitologia já conhecida, a sua interpretação foi tão profunda, rica e detalhista, que há quem a chame de “mitologia Tolkien”. E é neste universo que seus fãs, como eu, fazem a festa. Como exemplo, não estaríamos falando apenas de Frodo na sua missão para destruir o Anel, mas sim em tudo aquilo que cercou sua jornada, com terrenos, condados, personagens secundários, espécies etc.

Continuar lendo “Trilogia O Senhor dos Anéis”