100 imagens que marcaram o cinema

robocop-schenk-padilha

O cinema é a arte de contar uma história através de imagens em movimento. O que seria do cinema sem as imagens, afinal? A grande graça – e trabalho – dos artistas está justamente em se adequar a tela; tanto diretores ao fazer a fotografia, captar os melhores ângulos, as melhores montagens, quanto atores, em parecer convincente o suficiente para a obra ficar esteticamente bonita.

Mas, e se pudéssemos escolher as imagens do cinema que mais nos marcaram? O Próxima Sessão fez isto! Escolhemos as 100 imagens mais marcantes do cinema e postamos aqui, para vocês, na íntegra. Segue:

Continuar lendo “100 imagens que marcaram o cinema”

Drops: Vincent, de Tim Burton

Este é um antigo curta do Tim Burton, vindo diretamente para o blog, nesta semana muito ocupada e com pouquíssimos posts. Quem não viu, veja. Quem já viu, reveja.

Foi um dos primeiros trabalhos do cineasta e um dos mais aclamados, um curta elogiado até hoje e, particularmente, que eu considero um dos melhores trabalhos do diretor. O filme é todo em forma de poema, escrito pelo próprio Burton e narrado (na obra) por Vincent Price. O pequeno filme, justamente, conta a história de um estranho garoto chamado Vincent, fascinado pelas obras do xará Price.

Continuar lendo “Drops: Vincent, de Tim Burton”

Sombras da Noite

Eu sei, nós estamos mais do que devendo um preview do ultimo filme do Johnny Depp, que inclusive já está no cinema. Por isso, vou tentar compensar da melhor forma possível, em um post bem completo sobre o filme. Depois que assistir a gente também coloca aqui o que achou do filme (a falta de tempo tá uma loucura)!

Sombras da Noite, ou The Dark Shadows lá fora, é o 8º filme do excêntrico (no bom sentido) diretora Tim Burton. Dito isso, não preciso nem dizer que Johnny Depp e Elena Boham Carter estão no elenco. Continuar lendo “Sombras da Noite”

Fórmula secreta de Tim Burton

Quem já viu essa sátira? O pessoal do site College Humor fez uma brincadeira com o fato de Tim Burton explorar sempre os mesmos temas, das mesmas formas, com os mesmos atores, seguindo seu mais bizarro manual.

Um pequeno vídeo, de pouco mais de 2 minutos, contando todos os clichês do diretor que virou ícone pop na última década. Repare que todas as colocações feitas são exatamente iguais a 90% das obras dele. Muito bacana! Segue:

Continuar lendo “Fórmula secreta de Tim Burton”

Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge

Como já falei para vocês em outro post, sou fã de quadrinhos. E acho que um dos meus heróis preferidos, se não o preferido, é o Batman. Acho o máximo o fato de ele não ter, de fato, nenhum super poder, e o fato de ele conseguir manter sua identidade tão bem (sim, afinal como o playboy Bruce Wayne iria pensar em ajudar outras pessoas?!).

O herói é uma personagem da DC Comics, criado por Bob Kane e Bill Finger, e sua primeira aparição foi em 1939. O personagem passou por diversas modificações artísticas, e outras relacionadas a personagens, parceiros e até personalidade do mesmo; porém Batman sempre foi o alter-ego de Bruce Wayne, e esse sempre na busca pela justiça e o combate ao mal, devido à morte de seus pais quando ainda era criança.

Alguns pontos interessantes de observar no decorrer dos quadrinhos, é que na Era de Ouro de Batman, que foi até 1950, Robin já aparece nas histórias; porém nem Alfred, ou algum dos vilões conhecidos aparece. Esses só irão aparecer nos quadrinhos na Era de Prata, que vai de 1950 a 1980, foi mais para o final dessa era que os desenhos e histórias se tornaram mais sombrios.

Continuar lendo “Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge”

Frankenweenie

Eu sou bem fã do Tim Burton, não adianta, o acho genial. Embora haja quem diga que para fazer um filme igual ao dele é bem simples, e que a receita não muda. Mas mesmo que isso seja até um pouco verdade, eu gosto bastante dos filmes dele.

Bom, para quem não sabe, a Disney vai lançar, em 2012, o mais “novo” filme desse diretor um tanto diferente. E sim, novo entre aspas, pois na verdade, a animação Frankeweenie, prevista para outubro, é na verdade baseada em um curta de mesmo nome, feito por Tim Burton em 1984.

Continuar lendo “Frankenweenie”